Entre Fraldas e Blush

4 DICAS PARA COMEÇAR UM DESFRALDE DE MANEIRA CORRETA

Se você está na fase do desfralde, ou procurando referências sobre o assunto, provavelmente percebeu o quanto é difícil encontrar teorias e orientações de como iniciar o processo. Nossa intenção, é descrever o procedimento passo a passo. É simplificar, ajudar e compartilhar estratégias que poderão incentivar sua criança, e mostrar que a retirada da fralda pode ocorrer de forma leve, tranquila e respeitando o ritmo da criança.

O desfralde é uma fase importante não só na vida da criança como também para a família. É o primeiro passo rumo à autonomia e a capacidade de autopercepção.

É essencial que todos sintam o desfralde como algo bom e mostrem para a criança que é um ganho, crescimento e uma conquista.

É verdade que não existe uma idade certa ou ideal, é essencial respeitar a maturidade da criança e se manter atento aos sinais.

Vamos lá, como começar?

Construindo a base: Essa construção consiste em 4 etapas.

1° observação cuidadosa: Observe as expressões faciais, postura corporal e os horários.

Observe como a criança reage antes e depois das eliminações (xixi e cocô), nomalmente o cocô é mais perceptivo, a criança tende a se isolar e ficar parada. Neste momento, ajude seu filho, identifique, nomeie o que está acontecendo, o que ele esta fazendo.

2°Ambientação: a criança precisa conhecer o ambiente (banheiro/ vaso) e se sentir confortável. Faça xixi de porta aberta, deixe que a criança veja você sentado no vaso, antes de ir ao banheiro mostre com sinais corporais e fale para o seu filho que você está com vontade de fazer xixi ou cocô, convite seu filho para fazer cia, desperte à atenção do seu filho para o barulho do xixi. Peça ajuda em dar descarga, dê tchau para o cocô com animação e entusiasmo. Descarte o cocô do filho no vaso, sempre coloque-o na posição de ajudante.

3° Desperte a curiosidade, convite (incialmente com roupa) para sentar no vaso, e a medida que se sentir sentir confrotável vá tirando as peças de roupas. Mas, lembre-se, este processo deve ser natural, a criança não tem como obrigação eliminar nada. Estamos construindo a base, criando uma ligação entre a criança e o vaso.

4° Use e abuse das brincadeiras e do lúdico. Fique a vontade para convidar alguns brinquedos (super herois, bonecas, princesas, pelucias e outros) para conhecer o banheiro, o vaso. Neste momento, faz toda a diferença suas demonstrações de alegria, empolgação e entusiasmo.

Incorpore as idas ao banheiro à rotina da casa. Ensinar seu filho a usar o vaso exige dedicação, força de vontade, tempo, atenção, muuuita paciência e controle da ansiedade. Nunca force.

Texto escrito por Giselle Barcelos @gisellebarcelospsi

Bem Vinda a Maternidade Real

Junte-se a outras mães que também estão em busca de conhecer e compreender melhor a si mesmas para se tornarem mães mais presentes e conectadas com seus filhos. Cadastre seu e-mail abaixo gratuitamente.

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.

Ser mãe nem é sempre ser super!
PORQUE EMPRESTAR OU DIVIDIR É TÃO DIFÍCIL PARA AS CRIANÇAS?
É DISSO QUE SEUS FILHOS PRECISAM: TÉDIO!
Pular para a barra de ferramentas