Entre Fraldas e Blush

COMO COMEÇAR A ME ALIMENTAR BEM?

Como começar a me alimentar bem?

Quem é meu coachee ou meu seguidor, sabe que vivo falando: “coma comida de verdade”.

Mas o que é essa comida de verdade?

É tudo que é plantado na terra e todos os bichos que correm solto por aí. Mas pelamor em, vamos comer o que já somos acostumados rs.

Destrinchando mais ainda, é parar de comer o que a indústria alimentícia colocou na nossa mesa, que inclusive foi depois disso que todas as doenças como hipertensão e diabetes foram surgindo na nossa sociedade (vamos falar disso num outro post). Farinhas brancas, açúcares em geral (até o mascavo), são tudo do “mesmo saco”, daquele ditado mesmo “farinha do mesmo saco”, sabe?

Eu recebo muito a pergunta: “mas se eu tirar tudo isso, o que vou comer?”

Olhe a imagem abaixo:

É a comida de verdade! Todas as frutas, legumes, verduras, folhas, carnes, azeite, castanhas, queijos amarelos. E por aí vai! É uma alimentação baseada nos nossos ancestrais. E sim, temos os genes deles até hoje e fomos feitos para comer o que eles comiam, não o que fomos adaptados hoje em dia.

Até que surgiu a agricultura e os grãos começaram a ser introduzidos na nossa mesa. Mas, pasmem! Também não fomos feitos para comer grãos, senão tínhamos moela (tipo galinha).

Quem aí já limpou ou viu limpando galinha, lembra os resquícios dos grãos de milho que fica na moela quando vai limpar? É aquilo lá que o nosso corpo não faz, então para nós seres humanos os grãos contém mais antinutrientes do que nutrientes, até o arroz e o feijão.

Mas mantenha a calma, não precisa deixar de comer tudo de uma vez. Se você já tirar as farinhas refinadas, os açúcares e os refrigerantes já vão ajudar demais! Uma dica minha pra você que come grãos, é deixar eles de molho pelo menos 24h antes do preparo. O feijão por exemplo contém o antinutriente que se chama fitato, e é ele o responsável por dar gases e inchaço e também é impeditivo para a absorção de ferro e cálcio pelo nosso organismo. Então mamães que dão feijão para os bebês, deixem de molho por pelo menos 24h antes do cozimento.

Voltando a nossa comida de verdade, eu sei que é desafiador e no início dessa mudança a gente fica meio confuso mesmo e perdido. Mas quando forem fazer vegetais, legumes, verduras, deêm sabor a eles. Não precisa comer comida insonsa, sem tempero, feita no vapor. Refoga o brócolis, cenoura, vagem, quiabo na manteiga com sal, fica uma delíiiicia dos deuses mais belos da mitologia grega (é só uma analogia pra você entender que fica uma delícia).

Carnes. Não precisa só comer peito de frango grelhado no azeite. Pode comer picanha, cupim, costelinha de porco e até aquela pelinha da coxa do frango assado, sabe? Estou escrevendo esse post e ainda não almocei, fico imaginando essas comidas e esta me dando água na boca.

Ovos. Quando pensamos neles já imaginamos ovos cozidos sem sal e sem gosto, não é mesmo? Pooor isso ninguém gosta de ovo ou pelo menos enjoa fácil. Faça ele frito na manteiga de leite. Manteiga mesmo viu? Não venha com margarina pro meu lado. Você pode também fazer uma “cama” de muçarela na frigideira, quando estiver derretendo você joga dois ovos, fogo baixo e tampa. Geralmente eu não coloco sal porque a muçarela tem bastante, mas fica a seu critério.

Use a imaginação! Cozinhar é isso. Pra mim é terapia, é amor. Sei que pra muitos é um karma, mas busquem aprender, porque acima de tudo cozinhar pra nós é uma forma de amor próprio.

Um beijo a todos!

E lembrem-se de me seguir no instagram (@isadorafilbida.coach)

Bem Vinda a Maternidade Real

Junte-se a outras mães que também estão em busca de conhecer e compreender melhor a si mesmas para se tornarem mães mais presentes e conectadas com seus filhos. Cadastre seu e-mail abaixo gratuitamente.

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.

E o final de semana?
GESTAÇÃO x EXERCÍCIO FÍSICO
Sobre DESPEDIDAS. Projeto Fitness #2019.
Pular para a barra de ferramentas