DIETA PALEO PARA GESTANTES

Em 28.07.2016   Arquivado em CLUBMAMAESFIT, DIETA PALEOLÍTICA, MATERNIDADE

Dieta paleo para gestantes

Imagem Internet

Imagem Internet

Primeiro vamos esquecer esse nome “dieta” e pensar que gravidez não é doença, e que comida de verdade é pra todo mundo, inclusive para as gravidinhas.

Já ouvi e li tantas mensagens dizendo que é uma dieta restrita, que grávidas precisam se alimentar melhor porque tem que comer pra duas pessoas.

Vamos lá novamente quebrar alguns paradigmas.

Primeiramente uma grávida não precisa se alimentar por duas pessoas, até por que o feto é bem pequenininho e não precisa de tanta comida quanto a mãe, por exemplo, precise no seu dia a dia normalmente. Segundo que não é uma dieta restrita, por que em vegetais, carnes, queijos, castanhas, azeite, óleo de coco e frutas são ricos em todo tipo de vitaminas e minerais que todo nosso organismo precisa.

Sabe qual foi o problema de hoje em dia em achar que produtos industrializados precisam fazer parte da nossa alimentação?

A indústria alimentícia fez um trabalho tão bem feito que ela move milhões em propaganda pra mostrar pro consumidor que aquele produto “integral”, ou os derivados em geral do trigo, tem as fibras que o seu intestino precisa, que aquele iogurte tem os “lactobacilos” necessários para melhorar a flora intestinal, que nutella é rica em ingredientes naturais como o cacau, a amêndoa e o leite, mas que ninguém lembra de contar que também é rico em açúcar, óleo vegetal e que os ingredientes que realmente fazem bem à saúde ocupa pouco por cento na embalagem total, e por aí vai, por que se eu for citar tudo aqui vou escrever um livro de 500 páginas (ou mais) kkkkk.

Agora voltando ao assunto da dieta restrita, pode ser que eu concorde em termos. Como já disse num post passado, que tudo depende do objetivo de cada um.

Se você quer ser mais magrinha (o), tem que diminuir carboidratos.

Se você quer ganhar massa magra, perder gordura localizada, ou seja, diminuir percentual de gordura, a dieta precisa sim ser mais restrita.

Se você quer só emagrecer, precisa cortar até alguns tipos de frutas, pois são ricas em açúcares.

Se você quer ser monstrão (ona), fortão (ona) kkk tem que ter uma dieta diferenciada também.

Agora para grávidas, não precisa de restrição nenhuma quando se trata de comida, que veio da terra, que seja animal, que seja bicho ou planta. Lógico que os hormônios vão mudar o seu corpo, você irá sentir mais fome, provavelmente, então COMA, por que com fome, a gente come, não é mesmo?

Coma todo tipo de carne, sem exceção, até a picanha, e sem tirar a gordura em, porque não devemos evitar a gordura natural dos alimentos. Coma vegetais, ovos, frutas, castanhas e pra encerrar beba um café, sem açúcar, claro. Acredite, com o tempo o paladar muda e você vai acostumando com o sabor natural dos alimentos.

Faça as refeições principais do dia, como café da manhã, almoço, lanche e jantar ou obedecendo a regra de comer quando se tem fome.

Depois deem uma olhada no link da reportagem onde a Deborah Secco fala que ela fez essa dieta durante e depois da gravidez.

http://revistaglamour.globo.com/Celebridades/noticia/2016/05/deborah-secco-fala-sobre-dieta-do-jejum-intermitente-que-deixava-sem-comer-por-ate-23-horas.html

Não tem segredo gente, tem que ter é mudança de hábitos e isso com o tempo tudo se ajeita.

Um beijo grande! Até o próximo post.

Obrigada!

Me sigam nas redes sociais. Snap: isaffilbida/ Instagran: isaffilbida.farma/ Facebook: Isadora Fernandes Fílbida

 

Sejam bem vindos! Dispensar