DESAFIO 20 DIAS EFEB

Em 16.08.2016   Arquivado em DIETA PALEOLÍTICA

Quem aí gosta de um desafio?

IMG-20160815-WA0030

 

Desafio vocês a fazermos juntos um desafio de 20 dias. Vamos esquecer que existe a palavra “restrição” e vamos pensar que será somente uma forma de limpar a alimentação de produtos que sejam inflamatórios e prejudiciais pro nosso organismo, certo?

Vamos postar fotos, usar a hastag #desafio20diasefeb (Desafio 20 dias Entre Fraldas e Blush) e um ajudando o outro, motivando até chegar ao último dia sem “jacar”.

O desafio é uma proposta para você ver os benefícios que terá somente com a mudança do estilo de se alimentar. Talvez os 20 dias não sejam capazes de mostrar resultados grandiosos, porém vocês verão que a compulsão, que é a maior vilã de toda dieta vai diminuir bastante. Vamos esquecer até essa nomenclatura “dieta”, beleza?

Por meio da exclusão de determinados produtos vai ser possível avaliar mudanças como uma melhora no bem estar, o sistema imunológico vai se fortalecer (desde alergias, até algumas viroses), a produtividade no dia a dia, o funcionamento do intestino e consequentemente a auto estima ficará elevada. Glutén e lactose devem ser totalmente excluídos, até mesmo suas substituições saudáveis.

O desafio nada mais é que uma reeducação alimentar, não se tratando de uma dieta, pois não temos objetivos específicos, somente promover uma experimentação de um novo estilo de vida podendo se transformar em estilo de vida.

A consequência possível será é o emagrecimento, mas não é a finalidade, pois quando você tira esses alimentos inflamatórios e nocivos, consequentemente há a perda de peso.

LISTA – DESAFIO

 

O que devo suprimir do cardápio durante 20 dias?

Bebidas

 Refrigerantes

– Sucos de caixinha

– Leite

 

Substituições:

água e sucos orgânicos/naturais sem coar

água de coco

Leite de amêndoas

Leite de coco

 

Adoçantes

– Adoçante e açúcar branco refinado

Substituições (de preferência nem usar):

açúcar de coco

açúcar mascavo

demerara e stevia

xilitol

 

Farinhas

– Farinha branca refinada (glúten)

 

Substituições:

farinha de arroz coco

quinoa

farinha de oleaginosas

 

Sal e Temperos

– Sal branco refinado

 

Substituições:

sal rosa

sal marinho

 

Refeições prontas

– Alimentos industrializados

– Alimentos processados

 

Substituições:

alimentos orgânicos e sem conservantes.

 

Carnes (não tem restrições)

 

– Todos os tipos, todos os cortes e sem evitar a gordura natural

 

Vegetais (não tem restrições)

 

– Todos os tipos

– Pra quem quer perder mais peso, evite um pouco os carboidratos tipo raízes.

 

As regrinhas básicas de comer quando se tem fome e até a saciedade permanecem. Lembrem-se sempre de respeitar a nossa fisiologia. Coma devagar, mastigue bastante, assim irá liberar leptina que é um dos hormônios da saciedade.

Vamos começar na semana que vem, na segunda-feira (22/08/2016), dia internacional de começar a dieta né kkk

Qualquer dúvida podem olhar os posts passados que tem dicas de alimentos e no meu instagram eu sempre posto também.

Um beijo grande! Até o próximo post.

Obrigada!

Me sigam nas redes sociais. Snap: isaffilbida/ Instagran: @isaffilbida.farma/ Facebook: Isadora Fernandes Fílbida

Hipertrofia na paleo. Vamos de antes e depois de novo?

Em 02.08.2016   Arquivado em DIETA PALEOLÍTICA

Hipertrofia na paleo. Vamos de antes e depois de novo?

Hoje o antes e depois é diferente, é mostrando que na paleo/lowcarb também há o ganho de massa magra além da perda de peso que muito se é confundido.

Muito se vê que a paleo seguida da lowcarb é pra se perder peso ou para pessoas com obesidade. Mas não é bem assim. Você pode chegar onde quiser, sendo um indivíduo mesomorfo, ectomorfo ou endomorfo.

Lógico que temos que respeitar a nossa genética. Porém há vários fatores que podem ajudar ou atrapalhar, como a produção de hormônios em casa indivíduo, que são vários por sinal que são responsáveis por comandar essa paradinha de ganhar ou perder gordura, massa e afins.

Esse é meu antes e depois (aí ta depois e antes kkkk). Depois de já ter perdido o excesso de gordura que eu tinha, optei por definição muscular e ganho de massa magra.

paleoisa

Têm exatos quatro meses de uma foto para outra, mas desde quando perdi os meus 9 quilos eu nunca parei com a musculação. É um processo, no qual se você desistir ou desviar algum passo, ou ele estabiliza ou progride.

Depois de já ter perdido o excesso de gordura que eu tinha, optei por definição muscular e ganho de massa magra, até porque, estudos comprovam que uma pessoa que tem peso corporal de massa magra maior que de tecido adiposo, vive mais e melhor, e meu lema é: SAÚDE.

Eu fiquei estabilizada por um tempo, mas puxei a dieta, treinei pesado e minha massa magra visivelmente está bem maior que antes.

Tanto na dieta, quanto nos treinos há uma adaptação e uma maneira com a qual seu corpo agirá melhor e mais rapidamente. Procure sempre um profissional HABILITADO que irá te avaliar e organizar um roteiro de treino conforme seus objetivos.

Em relação à alimentação, a mesma coisa. Procure um nutricionista bom, que siga essa linha, que seja atualizado e ele irá te guiar para o melhor caminho, te mostrando como se alimentar corretamente, sem que tenha sacrifício pra isso.

Não cabe a mim, passar uma dieta de hipertrofia ou qualquer outro tipo. Já disse aqui que tudo que eu vivo, eu estudo e faço testes em mim mesma, até que chegou uma hora que eu aprendi tudo que me faz mal e tudo que me faz sentir bem, até porque, paleo é isso, é liberdade, é auto conhecimento, é não se auto sabotar, é saber o ponto de equilíbrio, é saber dominar a vontade de comer, a saciedade e conhecer o que realmente é fome.

Esse post foi pra motivar vocês a não desistirem e achar que esse estilo de vida serve para quem tem a intenção de emagrecer.

Dietas são individualizadas para cada objetivo e indivíduo. Porém, se você quer ganhar massa. COMAAA, e muitooo! Mas faça escolhas SAUDÁVEIS, aquelas que você já sabe e que eu já falei muito aqui.

Ahh, ta rolando um desafio de 30 dias bicho e planta no Instagram. É um grupo de 44 mulheres de todo o Brasil com o mesmo objetivo: SAÚDE! Mas você também pode participar. No meu perfil tem os posts explicando o que pode e o que não pode comer durante esses 30 dias. É uma forma de limpar mais a dieta, comendo só bicho e só planta, nem queijos que é permitido na paleo entra nesses dias. Podem ir no Instagram da Nutricionista Lara Nesteruk @laranesteruk que ela também fez os posts do último bicho e planta que teve, que vocês não terão dúvidas.

Um beijo grande! Até o próximo post.

Obrigada!

Me sigam nas redes sociais. Snap: isaffilbida/ Instagran: @isaffilbida.farma/ Facebook: Isadora Fernandes Fílbida

DIETA PALEO PARA GESTANTES

Em 28.07.2016   Arquivado em CLUBMAMAESFIT, DIETA PALEOLÍTICA, MATERNIDADE

Dieta paleo para gestantes

Imagem Internet

Imagem Internet

Primeiro vamos esquecer esse nome “dieta” e pensar que gravidez não é doença, e que comida de verdade é pra todo mundo, inclusive para as gravidinhas.

Já ouvi e li tantas mensagens dizendo que é uma dieta restrita, que grávidas precisam se alimentar melhor porque tem que comer pra duas pessoas.

Vamos lá novamente quebrar alguns paradigmas.

Primeiramente uma grávida não precisa se alimentar por duas pessoas, até por que o feto é bem pequenininho e não precisa de tanta comida quanto a mãe, por exemplo, precise no seu dia a dia normalmente. Segundo que não é uma dieta restrita, por que em vegetais, carnes, queijos, castanhas, azeite, óleo de coco e frutas são ricos em todo tipo de vitaminas e minerais que todo nosso organismo precisa.

Sabe qual foi o problema de hoje em dia em achar que produtos industrializados precisam fazer parte da nossa alimentação?

A indústria alimentícia fez um trabalho tão bem feito que ela move milhões em propaganda pra mostrar pro consumidor que aquele produto “integral”, ou os derivados em geral do trigo, tem as fibras que o seu intestino precisa, que aquele iogurte tem os “lactobacilos” necessários para melhorar a flora intestinal, que nutella é rica em ingredientes naturais como o cacau, a amêndoa e o leite, mas que ninguém lembra de contar que também é rico em açúcar, óleo vegetal e que os ingredientes que realmente fazem bem à saúde ocupa pouco por cento na embalagem total, e por aí vai, por que se eu for citar tudo aqui vou escrever um livro de 500 páginas (ou mais) kkkkk.

Agora voltando ao assunto da dieta restrita, pode ser que eu concorde em termos. Como já disse num post passado, que tudo depende do objetivo de cada um.

Se você quer ser mais magrinha (o), tem que diminuir carboidratos.

Se você quer ganhar massa magra, perder gordura localizada, ou seja, diminuir percentual de gordura, a dieta precisa sim ser mais restrita.

Se você quer só emagrecer, precisa cortar até alguns tipos de frutas, pois são ricas em açúcares.

Se você quer ser monstrão (ona), fortão (ona) kkk tem que ter uma dieta diferenciada também.

Agora para grávidas, não precisa de restrição nenhuma quando se trata de comida, que veio da terra, que seja animal, que seja bicho ou planta. Lógico que os hormônios vão mudar o seu corpo, você irá sentir mais fome, provavelmente, então COMA, por que com fome, a gente come, não é mesmo?

Coma todo tipo de carne, sem exceção, até a picanha, e sem tirar a gordura em, porque não devemos evitar a gordura natural dos alimentos. Coma vegetais, ovos, frutas, castanhas e pra encerrar beba um café, sem açúcar, claro. Acredite, com o tempo o paladar muda e você vai acostumando com o sabor natural dos alimentos.

Faça as refeições principais do dia, como café da manhã, almoço, lanche e jantar ou obedecendo a regra de comer quando se tem fome.

Depois deem uma olhada no link da reportagem onde a Deborah Secco fala que ela fez essa dieta durante e depois da gravidez.

http://revistaglamour.globo.com/Celebridades/noticia/2016/05/deborah-secco-fala-sobre-dieta-do-jejum-intermitente-que-deixava-sem-comer-por-ate-23-horas.html

Não tem segredo gente, tem que ter é mudança de hábitos e isso com o tempo tudo se ajeita.

Um beijo grande! Até o próximo post.

Obrigada!

Me sigam nas redes sociais. Snap: isaffilbida/ Instagran: isaffilbida.farma/ Facebook: Isadora Fernandes Fílbida

 

Como é a minha rotina

Em 19.07.2016   Arquivado em DIETA PALEOLÍTICA

Rotina Paleo Como é a minha rotina

Oi pessoas lindas, como estão?

Esse assunto é bastante polêmico né? Porque a desculpa de muita gente por não incluir um exercício físico ou mudar alimentação, é por conta dessa tal rotina.

“Ah, eu não tenho tempo pra academia.”

“Meu dia é corrido, não tem como me organizar pra fazer dieta.”

“Ah, fazer dieta é caro.”

“Morro de preguiça de começar uma academia, ainda mais que tenho que ir sozinho.”

Essas e mais algumas, são desculpa dadas por muitas pessoas que não procuram por melhorar a saúde.

Vamos por partes né!

Lembra do post que fiz sobre disciplina e força de vontade? Então, primeiro você precisa ter esses dois incluídos na sua vida. Vamos de força de vontade primeiro, por que a disciplina se adquiri com o tempo, com a rotina.

Vou contar de uma época que eu “não tinha tempo”, mas como a academia, a dieta já faziam parte da minha rotina, eu dei um jeito.

Eu trabalhava o dia inteiro e fazia faculdade a noite, e isso TODOS OS DIAS. Entrava no serviço 8:30, tinha 1h de almoço porque eu tinha que sair 17:30 pra pegar o ônibus da faculdade (moro a 1h da cidade onde fazia faculdade), e sabe que hora eu treinava? 6h da manhã. É, acordava 5:30, tomava um café, comia uma banana e ia. Chegava, arrumava pra trabalhar, saía 11h ia pra casa a pé, engolia a comida, voltava pro serviço, saía 17:30, corria pra casa, passava de baixo do chuveiro e corria pra pegar o ônibus que saía 18h, e tinha dia que nem dava pra tomar banho em. Chegava as 23:30, ia dormir mais de meia noite, até organizar pra deitar e no outro dia começava tudo de novo.

Era difícil? Demais! Mas até a minha alimentação era regradinha. Nessa época eu ainda estava naquela de comer de 3/3h. Pensa, com essa rotina louca eu ainda tinha que arrumar minhas marmitas. Pois eu fazia tudo. Já de manhã cozinhava todos os ovos (nada mais que 10 minutos), já preparava tudo pra semana e dava tudo certo. Foram 6 meses assim, até que arrumei outro emprego e conheci a paleo. Ficou bem mais fácil, porque sair dessa prisão de comer de 3/3h já me deixava mais liberta, com mais tempo.

Nesse tempo que eu comia 6x por dia era sim mais caro, e hoje me pergunto: “Porque o ser humano tem que comer esse tanto de vezes no dia?”.

Não tem né! Então, fazer dieta não é caro, até porque quando você começa a criar hábitos diferentes, trocar um alimento por outro, ou fica o mesmo preço, ou fica mais barato.

A questão de ter uma companhia pra treinar eu acho bem relativa.

É aquele ditado: “Quem quer, corre atrás!”. Por que eu nunca tive uma parceira que me incentivava, sempre eu quem fui a responsável por isso. Mas não pense que é porque eu gosto que pra mim é mais fácil. Eu falo que ninguém nasce sabendo e gostando de nada, você aprende com o tempo, e comigo foi assim com a musculação, é esse esporte que eu amo, mas se o seu não for, procure algo diferente, uma luta qualquer, natação, ballet, futebol, e algum dia você irá se identificar com algo, só NUNCA fique parado sem fazer nada.

Já matei várias das desculpas né? Mas como é a minha rotina agora depois de formada?

Vou falar pra vocês que anda corrida da mesma forma, mas a questão da alimentação está bem mais tranquila porque eu não como mais de 3/3h, então não preciso ficar me preocupando em fazer comida pra mim.

Tenho meus compromissos, meu emprego, meus estudos, minhas responsabilidades, a academia, agora o blog.

Mas Isadora, que estudos?

Quando você sai da faculdade e acha que tudo acabou, aí que o pior começa kkkkk

Primeiro que pelo fato de eu propagar esse estilo de vida e ter a responsabilidade de passar informações corretas sobre o mesmo, eu preciso estar sempre estudando. Segundo que, além disso eu ainda faço dois cursos que praticamente ocupam o resto do meu dia livre.

Minhas alimentações são sempre o almoço e um janta, somente. Tem dias que não almoço, aí janto a noite depois que chego do trabalho.

Ontem iniciamos um desafio no Instagram de #10diasbichoeplanta e convido vocês a vir com a gente. No Instagram da @laranesteruk tem tudo explicadinho, e no meu snap: isaffilbida, estou mostrando minha rotina diariamente.

Uma dica pra vocês incluírem dieta e treinos na rotina, ou simplesmente organizá-los.

Pegue uma folha de papel qualquer, ou anote na agenda mesmo o que você quer pra você. Feito isso, comece a encaixar nos seus horários. Treinos diários não são obrigatórios, mas vá 3x por semana, ou tire o final de semana e faça corridas nem que seja em volta do quarteirão da sua casa kkkk

Para um alimentação saudável, comece tirando os produtos alimentícios e substituindo-os por alimentos. Pegue vasilhas de plástico e lave as verduras, folhas, frutas no domingo e guarde na geladeira. Te garanto que dura a semana toda. Para as carnes também faça a mesma coisa, porém congele. É tudo uma questão de organização e hábito.

Um beijo grande! Até o próximo post.

Obrigada! Me sigam nas redes sociais.

Snap: isaffilbida

Instagran: isaffilbida.farma

Facebook: Isadora Fernandes Fílbida.

DIETA PALEO! COMO COMEÇAR?

Em 20.06.2016   Arquivado em DIETA PALEOLÍTICA

 

comocomeçardietapaleoPor onde começar?

Sempre que recebo essa pergunta eu respondo que primeiro você deve abrir a mente e querer estudar pelo menos um pouquinho do que é esse estilo de vida.

Agora se você tem preguiça e quiser simplificar, pense no que seria comida de verdade (só não inclua a salsicha da sadia, pelo amor de Deus), esqueça estudos e comece tirando tudo que seja industrializado e coma carnes de todos os tipos, ovos, oleaginosas, verduras, folhas e algumas frutas (escolha sempre as vermelhas, coco e abacate que são mais gordurosas), coma gordura natural dos alimentos, retire os óleos vegetais, os grãos integrais e leguminosas, mas não seja chato e comece a fazer perguntas sem lógica antes de ir atrás de informação.

E pra você que quer aprofundar?

Procure sempre blogs paleo, que vão ter linguagens mais simplificadas, artigos traduzidos e conteúdos mais “gostosos” para leitura.

Vocês vão perceber que tudo vai ter a frase clichê: COMA COMIDA DE VERDADE!

Mas vamos lá.

Eu comecei estudando sim, comprei livros relacionados à dieta paleo, li todo o blog do Teco, porque no início eu até acreditei que gordura não fazia mal, mas aquele negócio de comer de 3/3h eu não queria esquecer. Comecei a paleo, fiz lowcarb no início como manda o figurino, mas comendo de 3/3h, até porque não tinha estudado quase nada ainda sobre o assunto. Mas isso durou pouco, porque a cada dia que passava eu me apaixonava mais pelo estilo de vida, via os resultados no meu organismo, comecei a me descobrir, vi que tudo aquilo que eu estava buscando fazia sentido.

E fazer lowcarb pra iniciar a dieta paleo é fundamental. Lembra quando eu falei que somos viciados em açúcar e em carboidratos? Então, começar com lowcarb vai fazer com que esse vício vá diminuindo e a compulsão passando. É como um trecho de um post do Teco que ele fala assim: “Sabe aquela força de vontade que você precisa ter em toda dieta só que para o resto da vida? Na paleo você precisa dela só no início.” Justamente por isso, até passar a abstinência de comer um pão, um bolo, um doce qualquer. Mas até essa compulsão passar, você não pode tirar dia do lixo, porque aí você estará alimentando novamente o seu cérebro, e o desejo por doce, por farinha vai voltar de novo, e ainda maior, pode ter certeza. Você era um viciado, lembra? É como se um viciado em crack voltasse a usar a droga e alimentasse o vício que tinha tempo que não sentia, você deixará de alimentar o seu vício.

Você pode sentir fraqueza, pode ser que seu intestino prenda ou solte, pode ser que sua cabeça fique doendo, que você fique tonto, mas isso são coisas que em qualquer dieta você terá, e isso é meio lógico, porque você estará fazendo com que seu organismo comece a trabalhar com outro tipo de, vamos dizer, “combustível”, e até ele passar por esse processo leva um tempinho.

Eu não me lembro de ter nenhum desses efeitos colaterais, não sei se era porque eu já fazia dieta antes e meu organismo já estava acostumado com um “combustível” saudável que eu não tive nem fraqueza, treinava normalmente e me sentia super bem.

Mas pra quem estiver iniciando é sempre bom ir com cautela. Veja como vai ser sua adaptação, e até lá se puder evitar fazer exercícios que exija muito do seu corpo, será melhor.

A partir de quando posso fazer jejum?

Sobre o jejum, vou fazer um post só pra ele, porque ele merece! Porém digo que você pode ir tentando, mas o faça naturalmente. Como assim naturalmente? A regra não é comer quando se tem fome e até a saciedade? Então a partir disso você nunca mais vai comer de 3/3h e nem em horários determinados, e quando parar pra pensar estará fazendo jejum natural, e isso será automático.

Nunca faça um desjejum com frutas ou outros tipos de carboidratos, pois sua insulina estará bem baixa, e comendo “açúcar” logo de cara, sua insulina vai subir de uma vez e vai reservar energia em forma de gordura, então no desjejum opte por gorduras boas e proteínas.

A minha experiência com o jejum foi extraordinária. Foi a primeira vez que eu vi e senti que posso ter autocontrole em relação à comida. Descobri o que é fome, o que é vontade de comer, o que é ansiedade e querer comer por isso, e temos que parar de associar felicidade com comida e vice versa.

Uma coisa é simples, vamos parar de ficar ligados a nomenclaturas? Esqueça o nome jejum e foque no seu significado, porque já que você irá comer somente quando tiver fome, o tempo sem ingerir algo é o jejum, não é mesmo? Da mesma forma o nome “dieta paleolítica”, esqueça essa nomenclatura e lembre-se que é se alimentar da forma com que os nossos ancestrais se alimentavam antes da agricultura.

Depois que você vai estudando, aceitando que as coisas são simples, tudo vai ficando mais fácil e fazendo parte da sua rotina, e o que era normal pra você antes começa a sair da sua cabeça, a mente vai abrindo e vai ficando tudo lindo rsrs.

 

Mas me falem aí, quem já está tentando entrar nesse estilo de vida, ou já entrou? Quais as sensações que estão sentindo? São as mesmas que aos poucos vou descrevendo por aqui?

Espero que estejam gostando, e torno a pedir que tragam sugestões e dúvidas, para que eu vá esclarecendo em casa post.

Um beijo grande! Até o próximo post.

Obrigada e me sigam nas redes sociais.

Snap: isaffilbida

Instagran: isaffilbida.farma

Facebook: Isadora Fernandes Fílbida.

Imagem: Internet